Trabalhar num Call Center?

Trabalho num Call Center à cerca de 7 meses, e tenho a oportunidade de atender tanto comerciais (que efectuam as vendas) como clientes. Comecei por fazer quatro horas de inicio, e actualmente faço cinco horas diariamente (de segunda a sábado), e por vezes seis (horas extras, para ganhar mais uns trocos). Trabalhar num Call Center é relativamente fácil, obviamente que de inicio é complicado, não se conhece o ambiente de trabalho, não se está habituado a mexer com o sistema informático usado, mas a principal dificuldade é sem dúvida alguma, a comunicação via telefone com os clientes, e no meu caso com os vendedores também. Mas assim que se ganhe experiência, é um trabalho fácil de executar, pelo menos no meu caso, pois de forma geral as chamadas que atendo são geralmente muito idênticas… o comercial entra em linha, passa a informação relativamente à venda que efectuou, essa venda é registada no sistema informático pelos assistentes do Call Center que depois têm a responsabilidade de contactar o cliente, para confirmar a venda e agendar uma data para a instalação dos serviços.

Sendo uma linha de activações, normalmente o que se ”apanha” de negativo (no máximo), são vendedores mal dispostos, pois os clientes vão aderir a novos serviços, logo não estão insatisfeitos. Acredito que trabalhar em linhas de apoio ao cliente (que recebem de forma geral, muitas reclamações) seja mais complicado. Quando digo que trabalhar num Call Center é fácil, falo pela minha experiência pessoal, acredito que existam muitas pessoas que detestam trabalhar num Call Center, até porque é um trabalho que pode exigir bastante de uma pessoa, principalmente para quem não tenha facilidade em utilizar um computador ou não tenha fluidez no discurso.

“O ordenado ao trabalhar num Call Center, é razoável, os intervalos que são suficientes, e as condições de trabalho são bastante razoáveis também.”

Ao pesquisar um pouco sobre Call Center’s na internet, encontrei opiniões bastante diversificadas… o que é normal, os Call Center’s trabalham todos de forma diferente, e dentro do próprio Call Center existem várias linhas (linha de activações, apoio ao cliente, apoio técnico, etc…) e essas mesma linhas, embora façam parte do mesmo Call Center também podem funcionar de maneiras bastante diferentes. É por isso, muito importante não generalizar… No meu caso, o ordenado é razoável, os intervalos que são proporcionados são suficientes, e as condições de trabalho são bastante razoáveis também. No entanto não é um trabalho estável, mas também não me parece que seja o género de trabalho que uma pessoa queira fazer durante vários anos, até porque é bastante stressante.

Há quem estranhe e depois se acostume. E até goste. Outros contam histórias de horríveis sobre Call Center’s… felizmente faço parte do primeiro grupo.

CATEGORIESOutros

TAGS , , , , , , , , , , ,

Leave a Reply